Exposições
8..Setembro a 10..Novembro
Clotilde Fava
CUMPLICIDADES
Domingo_18h00
Casa Amarela - Galeria Municipal

Uma essencialidade sensorial e telúrica, aliada a uma dimensão temporal de memória, caracteriza a pintura de Clotilde Fava.
A estadia em Angola e a memória feliz desse período, marcaram decisivamente o seu imaginário pictórico. Depois, a redescoberta, em Cabo Verde, da vivência de um mundo africano perdido, despoletaram um processo onde à dimensão memorialística acresceu uma vertente fortemente sexualizada.
É uma pintura figurativa, formalmente marcada pela essencialidade do traço nascida do cubismo, revitalizada pela prática dos muralistas mexicanos dos Anos 30. Um mundo de mulheres africanas, de formas redondas e poderosas, rostos e braços potentes e arredondados, seios generosos, ventres por vezes proeminentes, captadas fundamentalmente nos seus trabalhos, de que a linguagem formal é metáfora, e também em escassos lazeres.

Excerto de texto de Rui Afonso Santos

_

Inauguração: 06 Setembro, 18:00

Entrada Gratuita