Música
8..Janeiro
SIMA - Obras de J. S. Bach e C. P. E. Bach
La Tempestad
6ª Feira_18h00
Museu Francisco Tavares Proença Júnior

O facto de Johann Sebastian Bach não ter publicado nenhuma obra para a viola ‘da braccio’ - excepto alguns solos das suas Cantatas - contrasta com os testemunhos que descrevem o quanto gostava de a interpretar no seu papel de “voz média”. No entanto, a grandiosidade de sua música, abstrata e intemporal, permitiu durante séculos ser ouvida noutros instrumentos através da transcrição. Bach, ele próprio transcreveu a sua música e frequentemente reutilizou elementos da sua própria criação. As sonatas para viola da gamba e cravo obrigado estão perfeitamente integradas na tessitura da viola ‘da braccio’, assim como a Sonata em sol menor de seu filho Carl Philipp Emanuel. Maestria e criação sem fronteiras no caso do pai; variedade, experimentação e virtuosismo no caso do filho, o qual, Charles Burney considerava “o maior compositor e instrumentista de teclado da Europa”.

Antonio Clares, viola
Silvia Márquez, cravo

Entrada Gratuita