Teatro
27..Outubro
TEATRO DO CALAFRIO
OSSO
6ª Feira_21h30
CINE-TEATRO AVENIDA

“... história literalmente no osso, sem corpos nem paisagem, todo o aparato da escrita reduzido ao palco de uma cela onde se digladiam duas vozes. Trata-se de uma espécie de teatro mental, por onde passam algumas das maiores tensões e angústias do nosso tempo: a retórica do medo, a intolerância, os abusos cometidos em nome da democracia, a incapacidade de compreender o outro, de respeitar quem não pensa como nós. Zink não faz do duelo entre os dois homens mero veículo para um qualquer discurso político. Em vez disso, e com muito mais eficácia, descontrai ideias feitas sobre a ameaça do fanatismo religioso e o seu reverso (a paranóia securitária) mostrando- nos como as relações de poder se podem dissolver no próprio absurdo que as sustém.”

José Mário Silva- Expresso

Texto - Rui Zink, Encenação - Américo Rodrigues, Cenografia - José Teixeira, Interpretação - Luciano Amarelo e Valdemar Santos, Desenho de luz - José Neves, Banda sonora - Américo Rodrigues, Operação de som e luz - João Paulo Neves, Cartaz - Pumukill, Fotos - Ana Couto

Entrada: €5,00