Pluridisciplinar
10..Dezembro
e outros poemas para o teu regresso
A fog machine
6ª Feira_21h30
Cine-Teatro Avenida

A fog machine e outros poemas para o teu regresso, um novo projecto de Nuno Aroso que combina música de diferentes compositores com um novo trabalho de Gonçalo M. Tavares,
com encenação de João Reis, que também contracena com o próprio Nuno Aroso.
Uma das características do trabalho de Nuno Aroso é a constante procura poética na música. Num momento muito particular do seu recheadíssimo percurso, Aroso desafia um grupo de criadores a juntar-se-lhe na materialização de um projecto de carácter íntimo, porventura autobiográfico, sobre a passagem do tempo e o fascínio pela palavra. Além de música composta ou arranjada para A fog machine e outros poemas para o teu regresso, o projecto conta com um novo texto de Gonçalo M. Tavares, que será o esqueleto em torno do qual se desenha o corpo dramático e a encenação de João Reis, que também contracena com Nuno Aroso neste concerto/espectáculo sobre o tempo, a existência e as máquinas de nevoeiro, metáforas do passado e do futuro.
A componente musical engloba três encomendas da Arte no Tempo, com financiamento da Direcção Geral das Artes - o arranjo de um original de Martín Bauer, uma peça em estreia absoluta do mexicano Arturo Fuentes e uma composição de João Pedro Oliveira - e uma obra do compositor sino-americano Lei Liang.
As primeiras apresentações do espectáculo incluem ainda as cidades de Coimbra e Castelo Branco.
Um péssimo início, um esplendoroso fim, eis o que aceito e até quero: que o fim seja um puro modo de chegar ao que é melhor e logo de seguida desaparecer.

Gonçalo M. Tavares (excerto de Nevoeiro para A Fog machine e outros poemas para o teu regresso)

_

ficha artística/técnica
Nuno Aroso: criação, direcção artística e interpretação musical; João Reis: encenação e interpretação; Gonçalo M. Tavares: texto original; João Pedro Oliveira, Arturo Fuentes, Lei Liang, Martin Bauer: música; Pedro Fonseca, colectivo ac: desenho de luz; Francisco Ferreira: fotografia; Arte no Tempo: produção

Apoio: Direcção Geral das Artes | República Portuguesa

Indicação de Classificação Etária: ≥ 6 anos
duração do espetáculo: ca 60’

Entrada: €5,00